Família italiana que não sente dor é alvo de pesquisas

Uma família italiana chamou a atenção de cientistas, isso porque seis membros dessa família tem uma condição rara na qual não sentem dor. Letizia Marsili, hoje com 52 anos, era criança quando percebeu que era diferente. Com o tempo, acabou descobrindo que além dela, outros cinco membros da família viviam com a mesma condição. Todos possuem uma resistência incomum a lesões, o que inclui queimaduras, fraturas ósseas e até arranhões.

A família chamou a atenção de cientistas que veem na condição deles uma chance de criar medicamentos para aliviar a vida de pessoas vítimas de dores crônicas. Os pesquisadores publicaram um artigo no periódico Brain e analisam uma possível mutação genética nos membros da família.

James Cox, da Universidade College London, resumiu o caso da família Marsili dizendo que os seus nervos “não funcionam como deveriam”. Os pesquisadores seguem entusiasmados com o estudo do caso e acreditam que a família é única no mundo.