Na Capela Sistina, Papa encoraja que mães amamentem seus filhos

Ciente da dificuldade enfrentada por diversas mães, ao redor do mundo, na hora de amamentar seus filhos, o Papa Francisco decidiu usar sua voz para incentiva-las. Durante uma cerimônia de batismo, na Capela Sistina, depois do batismo de 18 meninas e 16 meninos, o Papa deixou claro que o conforto das crianças é mais importante que a possível desaprovação de alguns.

“Se eles começam a chorar, ou se ficam incomodados, ou com calor, ou não se sentem bem, ou tem fome… Amamentem-os, não tenham medo, alimentem-os porque isso também é linguagem de amor”, declarou. E essa não foi a primeira vez que o Papa fez esse tipo de declaração, em 2015, ele já havia incentivado as mães a amamentar.

O batismo papal é um evento restrito a filhos de funcionários do Vaticano ou da diocese de Roma, e acontece anualmente.

PUBLICIDADE[fb_ad_shortcode posicao="post-bottom"]