Governo do Distrito Federal taxa IPTU sobre casinha de brinquedo

Antônio da Conceição Marques é um mecânico morador de um condomínio no Distrito Federal. O homem tem um filho de 5 anos e quis fazer um agrado para a criança. Depois de ver na internet uma casinha de brinquedo, ele resolveu copiar e montar um lugar seguro para o filho brincar no quintal. Como material, ele usou basicamente caixas de leite e de ovos.

O menino gostou do presente, seu Antônio usou materiais recicláveis.. Tudo estaria lindo, se o Governo do Distrito Federal não tivesse decidido taxar IPTU sobre a casinha. Antônio e sua esposa logo acharam que se tratava de um engano e procurou a revisão do IPTU. Mas descobriram que o IPTU estava “correto”.

Segundo uma atendente, “tudo que faz sombra deve ser considerado”. Dessa forma, a casinha foi considerado área construída na casa, bem como um toldo para as bicicletas e outras pequenas intervenções renderam um aumento de  R$ 341,30  no IPTU da família.

PUBLICIDADE[fb_ad_shortcode posicao="post-bottom"]